RECEBA NOVIDADES

  • Eden/ Oasis
  • Embrace
  • Grafitti
  • Vertigo
  • Vixen
  • Spellbound
  • Tango

Eden/ Oasis


Mate sua sede de sabor mediterrâneo com essas duas coleções versáteis de pendentes. Cada coleção de aço artesanal vem com acabamento em chumbo envelhecido, detalhes de rebites prateados, e correntes de jóias de metal inoxidável frisado à mão. Os pendentes estão disponíveis em 3 tamanhos para acentuar perfeitamente seu ambiente perfeito como uma peça única, ou juntos, num grupo estiloso.

Tango


Como a dança do mesmo nome, o Tango apresenta um alto grau de criatividade e complexidade técnica; Pode se dizer que é uma luminária que incorpora arte e tecnologia numa forma perfeita. Metal cortado à laser foi moldado numa esfera sem emendas, e a luz de LED de alta performance produz uma gloriosa luz calorosa.

Spellbound


Lance seu feitiço com esse design em espiral intoxicante. Essa peça contínua feita de alumínio artesanal, com acabamento prateado se interlaça numa haste de aço inoxidável, refletindo lindamente a luz de LED em cascata. Essa coleção vem com luzes de 13W, ou 20W 2900K de LED completamente reguláveis, e dissipador de calor embutido.

Vixen


A Vixen é uma sereia, e está destinada a ser o centro das atenções em seu espaço mais provocativo. Com um formato tradicional e uma corrente de mais de 10.000 peças de níquel polido, não há espaço ou aplicação que ela não domine. Essa luminária central é perfeitamente acentuada por uma cascata de cristais brilhantes facetados pendurados à mão para dar mais destaque aos detalhes.

Vertigo


Um grande sucesso, o Vertigo foi aceito na comunidade de design com braços abertos pelo seu design único e habilidade de se adaptar à qualquer decoração. Com um conjunto de anéis de aço artesanal em diversos tamanhos fundidos juntos, o Vertigo é uma luminária moderna com um conceito realmente inspirado. Disponível em um pendente de 2, 3 ou 4 luzes, um mini- pendente de uma luz, e uma arandela de uma luz, em acabamento dourado ou bronze, com difusor caramelo cristalizado, ou um moderno acabamento prateado com difusor amarelo-limão cristlizado, esse design vertiginoso cria a mistura perfeita de movimento e balanço.

Grafitti


Grafitti é gloriosa e chama a atenção, entre as últimas e mais excitantes novidades da Corbett Lighiting. A Grafitti tem forma de uma delicada chama, seduzindo o espectador, e definitivamente causando impacto. Hastes de aço artesanal com polimento prateado e acabamento de aço inoxidável brilham com a luz, criando um efeito deslumbrante e artístico.

Embrace


Abrace a elegância dessa sutil, porém sofisticada coleção. Ovais folheados à prata são ligados por delicados fechos de bracelete. Acentuado com difusores de vidro de pérola branca pintados à mão, e suportes de vela ovais gravados, você irá abraçar essa coleção em qualquer ambiente.

Eden/ Oasis


Mate sua sede de sabor mediterrâneo com essas duas coleções versáteis de pendentes. Cada coleção de aço artesanal vem com acabamento em chumbo envelhecido, detalhes de rebites prateados, e correntes de jóias de metal inoxidável frisado à mão. Os pendentes estão disponíveis em 3 tamanhos para acentuar perfeitamente seu ambiente perfeito como uma peça única, ou juntos, num grupo estiloso.

projetos

  • RESIDENCIAL
  • COMERCIAL
  • MOSTRAS DE DECORAÇÃO
  • O Arquiteto
  • Descrição

Carlos Quiroga

Projeto de apartamento em Santos recebe iluminação criativa e design arrojado


Criar um espaço contemporâneo adequado ao convívio das moradoras com seus cachorros. Essa foi a proposta do arquiteto Carlos Quiroga ao desenvolver o projeto de um apartamento de dois dormitórios em Santos. O projeto tem a parceria da Guido Iluminação e Design, conceituada empresa do litoral paulista, especializada em projetos luminotécnicos.

No Living, o arquiteto optou pelo piso mosaico, que facilita a limpeza e compõe o ambiente sem a necessidade de um tapete. Para compor o mobiliário, a decisão foi priorizar o uso de peças em policarbonato, vantajosas pela alta durabilidade e pelo design arrojado, todas assinadas pelo designer Philippe Starck para a marca Italiana Kartell. O espelho François Ghost, do mesmo designer, foi colocado sobre o aparador, que harmoniza muito bem com a mesa de centro. O mobiliário foi especialmente projetado por Quiroga para minimizar riscos de acidentes com os cachorros. O destaque decorativo ficou por conta dos pendentes da mesa de jantar, revestidos internamente com folha de prata. O restante da sala recebeu iluminação pontual com destaque na escultura, quadros e mesa de centro. No home theater, a iluminação dos LEDs lineares ressaltaram os desenhos dos painéis, descolando as peças da parede. No cortineiro, também foram utilizados os mesmos recursos em LED.

Na cozinha, o arquiteto utilizou o recurso de pathwork, que destacou a decoração e alegrou o ambiente. Nas paredes, tons vibrantes seguem essa linha, transformando o espaço em um festival de cores e iluminação criativa. As antigas luminárias de emergência foram substituídas por peças de iluminação que, junto com os demais artigos decorativos, deram maior harmonia ao projeto. Na mesa, foi utilizado o pendente Zoth da italiana Esedra. Foram instalados módulos com lâmpadas halógenas faceados com a fenda do teto, no centro da cozinha, e LEDs lineares na bancada de trabalho. O acesso à área de serviço é feito através de uma porta de vidro de duas folhas corrediças, em substituição à antiga porta tradicional, o que contribui com a mobilidade e iluminação do ambiente.

Cada quarto foi projetado de acordo com a personalidade e estilo do morador. Em ambos, o arquiteto utilizou acabamento em madeira tipo Teca, que traz aconchego para os ambientes íntimos. O quarto da menina manteve os tons de lilás, cor que casou muito bem com os nichos elaborados para receber o material estudantil. A iluminação de destaque foi projetada para os nichos, desenhados pelo arquiteto, e para os armários. O aconchego ficou por conta do abajur Cindy do designer Italiano Ferruccio Laviani e pelos LEDs lineares do cortineiro. Já na suíte da Senhora, o mobiliário foi escolhido de forma a receber harmoniosamente uma estação de trabalho com uma estante conjugada e um abajur de leitura da designer Baba Vacaro. Na lateral da cama, ao invés do tradicional abajur, o arquiteto optou pelo pendente italiano “È” da Kartell. A amplitude dos espaços foi garantida com a disposição de espelhos nos armários localizados próximos às camas.

O apartamento ganhou ainda mais charme com a transformação do terraço em um espaço gourmet. O ambiente foi dotado de infraestrutura para som ambiente no exterior, para atender aos hábitos festivos dos moradores. Nichos para receber vasos de plantas, com iluminação própria para o paisagismo e área externa, que percorrem o contorno do terraço, foram criados para alinhar o projeto ao apreço pela natureza e desejo deste convívio, mesmo que no meio urbano. Um banco circular ao lado do gazebo pré-existente é convidativo para conversas e momentos de descontração. Estes são iluminados pelo poste com rebatedor, proporcionando uma ótima iluminação, de forma indireta, sem ofuscamento e maior aconchego. Na parede, o mesmo mosaico utilizado na cozinha.

  • O Arquiteto
  • Descrição

Carla Felippi

Design contemporâneo e sustentabilidade em projeto de tríplex em Santos


Design contemporâneo e intimista. Amplo espaço. De frente para o mar. O cenário perfeito parece um sonho, mas é a realidade de uma família de Santos (SP), que teve o projeto do apartamento tríplex assinado pela arquiteta Carla Felippi, com iluminação da Guido Iluminação e Design. Um dos principais cuidados da arquiteta com o projeto foi fazer com que cada ambiente proporcionasse uma experiência de bem estar e conforto para a família e amigos. Todos os detalhes do projeto foram decididos em conjunto com o cliente, para que a residência se transformasse em um verdadeiro lar.

Outra preocupação foi com a Sustentabilidade. Em todos os ambientes, foram escolhidos, predominantemente, produtos e materiais que não prejudicassem o meio ambiente, como revestimentos e madeiras de reflorestamento, certificadas. Na iluminação, o LED aparece em diversas composições, economizando em até 80% o consumo de energia, em comparação com uma lâmpada comum.

O Living impressiona pela suavidade, que é destacada pelo grande pano de espelho na área de jantar, transparente e intimista. Na parede, papel de parede de linho natural, que harmoniza muito bem com o desenho limpo do mobiliário, todo construído em madeira de reflorestamento. No chão, o aconchego do tapete indiano feito à mão, especialmente para o projeto. A iluminação feita com spots de foco de 8 graus, bem marcada, acentua cada detalhe da decoração e traz leveza para o ambiente.

O Home Theather obedece rigorosamente toda a ideia que está envolvida em um projeto que preza pelo conforto. Mobiliário, revestimento e cores harmonizam perfeitamente em estilo e tamanho. Na parede, tons mais escuros para valorizar o entretenimento proposto pelo espaço e não prejudicar a visualização da tela. O preto e o chocolate prevalecem e luminárias em LED criam feixes de luz muito suaves. A automação garante o acionamento de todos os equipamentos – cortinas, iluminação, telão, ar condicionado – através de um único controle via iPad.

Já na Cozinha, a palavra de ordem é praticidade. Toda trabalhada em branco e preto, o ambiente exala modernidade, sem ser pretenciosa. A mobilidade da família no ambiente é garantida graças a funcional distribuição do mobiliário no espaço, que ganhou um toque ousado com um papel de parede lavável. Para as confraternizações gastronômicas, o projeto ganhou um Espaço Gourmet, com 63 metros quadrados. No centro, uma grande bancada permite a integração do dono da casa com os convidados, permitindo que os pratos sejam preparados “ao vivo”. Na decoração, elementos amadeirados e suaves composições. O diferencial fica por conta da lareira e da vista para a piscina que completam esta composição e garantem a integração entre os espaços.

Na Piscina, o azul é o destaque. Dentro da água foram posicionados holofotes sub-aquáticos em fibra ótica, que mudam de cor e trazem movimento e suavidade para a água. O destaque fica por conta do painel de arandelas em lente óptica da Guido Iluminação e Design. Os feixes coincidem perfeitamente com as nuances da água, permitindo efeitos incríveis.

Nos quartos, Carla priorizou o conforto e o gosto individual de cada integrante da família. No quarto dos adolescentes, o grafite é o tom predominante, mas o espaço ganhou um toque bastante moderno com as bandeiras de vários países compondo a decoração. A iluminação pontual, bem marcada, garante o ar masculino do ambiente, que ganhou mobiliário com acabamento preto e sofisticado. No chão, piso de madeira, com as réguas encaixadas.

O quarto do casal já começa a encantar logo no hall, com feixes de arandelas em LED, que trazem um efeito suave ao espaço, que liga a suíte máster à área da piscina e ao home theather. No quarto, a elegância do vidro e a suavidade do branco dão o tom da decoração, trazendo a sensação de uma suíte ao “ar livre”. Um grande painel de vidro permite uma deslumbrante vista da cidade, que contribui para a amplitude do ambiente. No closet, a iluminação direcionada destaca as roupas e valoriza as peças, deixando mais prática a escolhao na hora de se vestir. A suavidade também aparece no banheiro da suíte. Espelhos e gravuras com profundidade conferem amplitude ao espaço, transformando-o em uma sala de banho.

A conclusão final é um apartamento amplo, contemporâneo e sofisticado. Mas, mais do que a beleza de um projeto arquitetônico, o resultado final desse em especial é um lar, que exala harmonia e a certeza de futuros momentos inesquecíveis!

  • O Arquiteto
  • Descrição

Danielle De Carli

Sofisticação e estilo em projeto de apartamento no Guarujá


Um apartamento despojado, contemporâneo e sofisticado. Essa foi a premissa do projeto da designer de interiores Danielle De Carli, em parceria com a Guido Iluminação, conceituada empresa do litoral paulista especializada em projetos luminotécnicos.

Com vista para o mar, a sala de estar, cozinha e varanda se integram. Para um ambiente moderno e refinado, a designer optou pelo uso de matériais nobres, como o Silestone preto, utilizado nas bancadas, e móveis em linhas retas e pastilhas de inox. Para dar leveza e incrementar a sofisticação, o projeto priorizou tons de cinza no papel de parede, que se misturam com a iluminação pontual com spots no acabamento acrílico acetinado preto para realçar objetos e pontos específicos, destaque para elegante pendente sobre a mesa de jantar fabricado em acrílico casting e cristais swarovski.

A cor verde acqua e os papéis de parede em tons pastéis compõem uma suíte alegre e primorosa. A iluminação aconchegante tem como destaque o plafon central, uma peça volumosa que deu um toque especial ao espaço. Na segunda suíte, o roxo e o lilás criam um ambiente clean, mas com muita personalidade. O pendente do designer italiano Ferruccio Laviani da Kartell, ao lado da cama ressalta a sobriedade e o estilo do quarto.

Na suíte principal, o estilo contemporâneo é evidenciado no mobiliário. Nas paredes, tons de azul marcam o ambiente e unem-se com a iluminação, proporcionando aconchego e valorizando o ambiente.

  • O Arquiteto
  • Descrição

Fabrício Novaes

Apartamento em Santos


Mobiliário contemporâneo em perfeita harmonia com o clássico. O projeto do arquiteto Fabrício Novaes, em parceria com a Guido Iluminação e Design, em um apartamento de Santos (SP) exemplifica bem como a mistura de estilos pode ser uma ótima escolha para o lar de uma família.

No Living, o cenário é marcado pelo rústico da madeira e pelo branco, incorporado ao mobiliário moderno e na cor das paredes e do piso. A iluminação fica por conta de spots direcionados para o destaque dos quadros, além das arandelas na lateral da TV, com lentes ópticas, criando o cenário ideal para desfrutar do home theather, em clima de cinema.

Na sala de jantar, as grandes estrelas são os pendentes Italianos, desenhados por Ferruccio Laviani para a Kartell, que trazem elegância e modernidade ao ambiente, brindado com uma maravilhosa mesa com seis lugares e cadeiras trabalhadas em fibra.

Na varanda gourmet, a ousadia fica por conta das cadeiras Masters, da Kartell, que decoram o ambiente sem esforço, combinadas em uma moderna mesa branca. O projeto dá um tom mais rústico à parede, em um arranjo que simula tijolo aparente, fazendo um ótimo jogo de estilos com o restante do ambiente. A iluminação para este ambiente foi bem pontual e aconchegante, com spots direcionados e iluminação difusa somente na área de trabalho.

Para a cozinha, as peças escolhidas tem dupla funcionalidade, mesclam lâmpadas frias para iluminação difusa e halógenas para iluminação focada. A decoração elegante, mesclando o preto e o branco, completam o cenário.

A suíte principal é um vislumbre para os amantes do papel de parede. A escolha certeira da estampa compete uma deliciosa sensação de aconchego, que casa perfeitamente com o clássico mobiliário. Para lateral da cama foram escolhidos os pendentes Carola do designer Emílio Conradt, além da iluminação indireta nas sancas lineares.

  • O Arquiteto
  • Descrição

Fabiana Vasconcellos

Proposta inovadora e design arrojado em restaurante de Santos


Localizado no bairro do Gonzaga, um dos mais tradicionais de Santos (SP), a Robataria já possuía um público cativo antes mesmo da inauguração. O restaurante é um dos mais badalados da região, em função da diferente proposta gourmet: comida japonesa em espetinhos, preparada “ao vivo”, na frente do cliente. Mas não é só pela gastronomia que o local chama a atenção. O visual diferenciado, marcado pelo projeto da arquiteta Fabiana Vasconcellos em parceria com a Guido Iluminação & Design, por meio da lighting designer Mariana Ramalho, contribui para o sucesso do empreendimento.

O desafio do projeto teve início com a proposta de ampliar os ambientes. A arquiteta aumentou os vãos das janelas e inseriu grandes aberturas para criar a sensação de amplitude que o projeto pedia. Para isto, a iluminação seguiu a mesma proposta com recursos lineares contínuos de luz indireta, além de peças pontuais recuadas para controle de ofuscamento e total conforto visual para os clientes. Na entrada para o salão, por exemplo, foi escolhido o pendente Italiano Polifemo, que alia o design a alta eficiência luminosa.Vidros, espelhos e uma interessante integração paisagista cumpriram bem para a amplitude do espaço. A entrada é brindada com um jardim vertical e fontes de água corrente para dar as “boas vindas” aos clientes.

No salão principal foram utilizados elementos nas cores preto e vermelho, combinadas com mobiliário rústico, levando o cliente ao clima oriental. Nas paredes, Fabiana optou pelo uso de tijolos, enquanto o piso recebeu revestimento laminado em madeira. A grande bancada central, onde as robatas são preparadas, é o coração do projeto. Para que os frequentadores tenham uma experiência gastronômica confortável, já que as robatas saem diretamente da brasa para seus pratos, todo o ambiente é climatizado. O Lounge foi decorado predominantemente com a cor branca e tecidos descansam nos confortáveis sofás. Ainda neste ambiente, arandelas em LED azul foram utilizadas para trazer efeito cênico no acesso aos banheiros. O projeto contempla ainda um deck de madeira, na área externa, que recebeu iluminação específica para as plantas. A fachada também é iluminadas com arandelas com lentes ópticas, criando cenários e valorizando sua arquitetura.

  • O Arquiteto
  • Descrição

Felipe Torelli

Design e funcionalidade em franquia do Haru de Santos


A nova franquia do Haru em Santos (SP) está localizada em um dos shoppings de maior movimento da Baixada Santista. Esse foi o desafio enfrentado pelo arquiteto Felipe Torelli, responsável pelo projeto e por criar um ambiente arrojado e funcional, devido ao grande fluxo de pessoas no espaço. Torelli contou com a parceria da Guido Iluminação & Design, por meio da lighting designer Débora Tavares, responsável por todo o design luminotécnico do projeto.

O arquiteto seguiu o mesmo padrão dos outros restaurantes da rede, mas deu um toque diferenciado, como a opção por uma linha minimalista de cores, primando pelo cinza. A cor aparece com destaque em todas as paredes e no piso – foi escolhido um porcelanato com efeito de “cimento queimado”. O mezanino contempla um painel inspirado nas tramas de árvores de cerejeira – desenho tradicional na cultura oriental. A iluminação halógena, com grau de abertura bem fechado, criou efeitos de luz e sobra destacando ainda mais este trabalho. Em todo o projeto foram utilizadas lâmpadas de efeito para o destaque de toda a arquitetura do ambiente e funcionais para as áreas de trabalho.

No salão, o mobiliário da Kartell chama a atenção pelas cores vibrantes, o que forma um belo contraste com a sobriedade do cinza. Os pendentes, customizados feitos especialmente para o projeto, completaram a decoração do salão. O sushi bar foi trabalhado em mármore carrara, material que dá o toque clássico ao projeto. Para a fachada, o arquiteto optou pelo uso do vidro, para dar maior destaque aos elementos decorativos da área interna.

  • O Arquiteto
  • Descrição

Bia Pellegrini

Moderno e sustentável, projeto de escritório inova na arquitetura e iluminação


Identidade corporativa que reflita a juventude da equipe e o dinamismo da atividade. Layout que permita o trabalho integrado e, ao mesmo tempo, individual focado no computador. Essas foram as premissas para o projeto de arquitetura e iluminação de um conjunto de escritórios em Santos, São Paulo e Rio de Janeiro, criado pela arquiteta Bia Pellegrini. O projeto tem a parceria da Guido Iluminação e Design, conceituada empresa do litoral paulista, especializada em projetos luminotécnicos.

Os amplos caixilhos já conferiam aos escritórios um ótimo sistema de ventilação e luz natural durante a maior parte do dia, o que contribuiu para a vertente sustentável do projeto. A iluminação seguiu o mesmo padrão com luminárias de alta eficiência luminosa, difusores anti ofuscantes e sistema de baixo consumo energético. Para não prejudicar essa luminosidade, a arquiteta optou por divisórias piso/teto em vidro fixo com persianas embutidas, o que possibilitou uma integração harmoniosa entre todas as salas. Piso de vinílico em placas, que remetem a madeira, em duas tonalidades diferentes, foi utilizado para diferenciar a área de circulação da área de estar e de trabalho. A combinação da madeira com o vidro criou uma releitura contemporânea, com materiais simples e práticos, sem perder a elegância.

A entrada é composta por dois acessos independentes: um para a área técnica e outro para a sala de reunião e diretoria. Assim, o visitante será diretamente conduzido para cada ambiente, sem transitar por todas as áreas do conjunto. A área operacional está interligada ao CPD e ao pool de impressão, fazendo divisa com a sala de reunião, onde recebeu uma iluminação indireta mas confortável e aconchegante, além de alguns focos pontuais de destaque, com lâmpadas halógenas. Para essa divisão, o projeto contempla um jardim interno com lanças de São Jorge, que foram iluminadas com spots com lâmpadas específicas para folhagens, criando uma cerca viva e dando maior privacidade às reuniões. No bloco central do conjunto estão dois banheiros, que receberam arandelas decorativas e spots embutidos em cristal, um vestiário e a copa. Para a pintura desses espaços, a arquiteta optou pelo amarelo, cor que traz descontração e alegria para os ambientes.

  • O Arquiteto
  • Descrição

Edgar Pistelli

Jovial com sobriedade: Restaurante Okumura recebe novo projeto em Santos


Após cinco anos do projeto da Temakeria Okumura, o arquiteto Edgar Pistelli teve um novo desafio. Aliar a identidade do espaço ao novo empreendimento: um restaurante com o mesmo nome. O projeto tem a parceria da Guido Iluminação e Design, conceituada empresa do litoral paulista, especializada em projetos luminotécnicos.

O ambiente clean e contemporâneo com um toque cultural japonês deu lugar a um novo restaurante voltado para um cliente mais seletivo e apreciador da cultura e culinária do Japão. O projeto teve como base dar sobriedade ao ambiente, mantendo a identidade jovial da marca Okumura. Os elementos arquitetônicos, de design e de bem estar oferecem um projeto diferenciado ao empreendimento.

A iluminação teve grande responsabilidade no projeto. Para ajudar o cliente a perceber este novo conceito, fachos de luz bem concentrados, com zonas de luz e sombras bem marcadas, resultaram num conforto visual agradável e aconchegante.

A reformulação do edifício com modernidade e acréscimos de áreas foi fundamental para o conceito do projeto do arquiteto. O restaurante ganhou ambientes diversos como, por exemplo, o salão principal com mesas, o balcão do sushibar e uma área de vidro onde estão localizadas as mesas família, para seis e oito lugares. Neste ambiente, foram utilizados pendentes customizados especialmente para o projeto. Uma área privativa para eventos corporativos, festas pessoais e encontros de amigos foi projetada pelo arquiteto.

A fachada mescla o moderno com o étnico. Uma caixa principal, em tom de chumbo, é cercada por outra de azulejo branco e por uma cobertura típica japonesa com telhas de cimento e estrutura de madeira. O nome em letra caixa com iluminação em LED e uma grande letra K acima da porta principal identificam a marca desde a entrada. De maneira minimalista, esses elementos dão força e arte à fachada.

Os materiais utilizados fornecem um aspecto contemporâneo e artístico ao projeto através da madeira, concreto, placas decorativas, mobiliários de inox, esculturas e quadros típicos e cores sóbrias. No lounge de entrada, módulos de sobrepor em AR70 criam o ar moderno. A iluminação foi parte importante da transformação da temakeria em um restaurante expressivo.

Ao longo do salão, foi criada uma sanca para iluminar a parede, proporcionando uma luz difusa e geral. As fendas no gesso, já existentes no projeto anterior, foram mantidas, mas com fundo preto. Nelas, foram instalados spots de LED pontuando os ambientes das mesas.

A cor vermelha em tom escuro foi utilizada em pontos estratégicos do restaurante como, por exemplo, na porta principal de entrada e na área externa e interna dos WCs. Nos demais ambientes, a cor cinza com pigmento amarelo predomina criando um ar aconchegante.

Para o sushibar, o arquiteto optou por um grande balcão com confortáveis banquetas de couro, tipo poltrona, que criam um aspecto de vanguarda com as lâmpadas pendentes sobre o móvel.
Ao fundo do sushibar foi instalado um grande painel branco com placas decorativas em relevos, no estilo de origami, iluminadas por uma sanca de luz indireta. O conjunto de elementos define um espaço moderno e diferenciado.

clipping

  • ONLINE
  • IMPRESSO
  • TV
 

Revista Habitare

Revista Mix Decor

Revista Mix Decor

Revista Mix Decor

Revista Mix Decor

Revista Mix Decor

Revista Merkado

Revista Decore sua Casa

Revista Lumiere Electric

Revista Decorar

 

Programa Pedro Alcântara – SantosArquidecor 2012

Programa Pedro Alcântara – Parte II

Programa Pedro Alcântara – Parte I

Homenagem SantosArquidecor 2010

Comercial Guido Iluminação e Design

Comercial Guido Iluminação e Design

 

Site Decor News

Site Só Decoração

Site Só Decoração

Site Decor News

Site Só Decoração

Site Decor News

Site Só Decoração

Site Decor News

Site Decor News

Site Revista Beach Class

contato


Av. Dona Ana Costa, 86 – Vila Matias – Santos – São Paulo

(13) 3234-3445 / 3233-1754

guido@guidoiluminacao.com.br

Nome

Email

Sua mensagem